Buscar

#24º de 777 ✅ O SISTEMA CÍCLICO e ENCÍCLICO • Como SAIR do DOMO?

Compreendendo o que representa termos ‘cíclico’ e ‘encíclico’, podemos então partir para o entendimento de como sair do “Domo”, que também pode ser chamado de ‘mundo’, ‘sistemas’, ‘cosmos’, onde inclui toda matéria do mundo holograma.


“Cíclico” é tempo, periódico, retorno. E “Encíclico” é esférico, rotular.


Nós temos um ‘Macro Cosmos’, ou pode se dizer, um ‘Macro Domo’, que é todo o mundo que nos cerca, e dentro dele temos ‘Micro Sistemas’ e ‘Micro mundos’ .


Dentro desse Macro Domo que é “matéria”, existem outros domos. E dentro dessa vida encíclica existe o período cíclico, onde a pessoa fica rotacionando e não consegue sair do domo.


Saiba que qualquer agrupamento social, virtual ou presencial, pode ter um domo. Tudo é “sistema”. Deus é sistema, a Bíblia, o corpo humano...


E qual a diferença do “Sistema do Bem” e do “Sistema do Mal”? O Sistema do Mal é formado pelo delta‘Ter, Ser e Poder’, e a diferença se dá, no fato que; no Sistema do Bem nós não somos subordinados pela ordem que estabelecemos para viver em paz e harmonia, nós dominamos o sistema. O homem foi feito para dominar o cosmos, a matéria, e não ser dominado por ela. Nós temos flexibilidade para mudar em qualquer tipo de entendimento.


Mas quando o homem passa a ser dominado pelas regras, ele está no sistema do Mal, porque o ter, ser e poder está fazendo com que o homem, que criou uma constituição, agora esteja subalterno escravizado pela própria ordem que ele criou. E isso sempre aconteceu na história...


O Apóstolo Paulo em ‘Colossenses 2.20’ disse: “Portanto se estais mortos com CRISTO para os elementos desse mundo”... ‘Morrer’ nesse contexto significa ‘deixar’... Assim entendemos o porquê de estar morto, mesmo estando vivo... Para complementar o Apóstolo Paulo em ‘II Coríntios 3’ fala do véu, em ‘II Coríntios 4’ fala do sistema de todas as coisas do mundo, que cega, deixa sem lume o entendimento daqueles que amam essa matéria. Porque não vive de visões, eles vivem de ilusões.


"É irracional amar a matéria."


Ele estava querendo dizer que; nós quando damos muito valor à vida cosmos, mundo, sistema, em busca do ter, ser e poder, somos engolidos, ludibriados pelas ilusões, e pelo ópio ou droga deste mundo.


É impressionante o quanto que a ‘liturgia’ traz ‘letargia’, e o quanto este cosmos é amado...


Quando a pessoa ama tudo que está a sua volta, ela automaticamente se afasta do propósito real da sua existência. Porque a existência além de ser o tempo cronos, é também o próprio DEUS que se manifestou em carne e morreu por nós em ‘matéria’, deixando para nós um exemplo a seguir. Para que rejeitemos, e renunciemos a possibilidade de amar o cosmos a matéria o ter, ser e poder.


ELE está nos crivando e dizendo não ame isso aqui, que é imperfeito, corruptível, porque o que eu tenho para vocês é perfeito e incorruptível.


E ser espiritual é ter o lume suficiente, a glória, que significa sabedoria e visão, para entender que não fomos feito à imagem e semelhança DELE Bem e Mal para amar este mundo tão corruptível. Por isso mesmo Paulo diz: ... Se vocês esperam nessa vida são miseráveis...


Mas os que amam a matéria, criam regras, e as regras mandam neles. Daí trocam líder, credo, costume, passa o tempo; aquilo que não podia agora pode e aquilo que podia agora não pode, e eles vivem em rotações cíclicas, porque eles estão debaixo de um domo, são círculos religiosos.


Dentro desse Macro Mundo existem pequenos domos, onde as pessoas se fecham em pequenos círculos denominacionais religiosos, e elas criam ‘sisteminhas’ e não conseguem sair desses sisteminhas, estão presas. Porque não é ensinado para elas, nesses micro domos o que é afinal mundo, e contra quem devemos lutar.


Contra quem é a nossa luta? Na realidade o que temos que vencer não é a matéria, mas, o que rege a nossa matéria; a nossa consciência. Não adianta lutar contra a matéria, temos que ir na raiz, no cerne do problema. E o cerne do problema chama-se “alma, consciência”. A limpeza começa de dentro, então tudo que há de fora será limpo, branco como a neve.


"Ter visão é ser superior a matéria e não ser preso pela matéria, escravizado por ela."


Existem quatros sistemas mais evidentes no domo; o mais terrível que existe é o ‘sistema religioso’, em seguida o ‘sistema político’, quem sem o braço do sistema religioso não tem como dominar. São dois poderes, duas feras que sempre unidas subordinam os homens a matéria, iludem os homens para que amem este mundo.


Depois vem o ‘sistema midiático’, incluindo TVs, jornais, revistas etc. Onde estão as referências do mundo do esporte, do cinema, da música popular, as referências em todos os setores possíveis da sociedade que são elevados, iconizados pela mídia para que a pessoa os siga e tenha como padrão de vida, como paradigma.


E por fim o ‘sistema educacional docente’ das escolas, das universidades, da formação curricular, MEC, UNESCO. E em qualquer um desses quatro sistemas citados, eles compactuam e compartilham de uma mesma ideia, são escravos da mesma obra metafísica.


E quais são essas obras imateriais? Trabalhos metafísicos, obras da matéria, da carne, carne é matéria. Porque o mundo, esse Macro cosmos está comprometido no maligno, o gênesis dele, o cerne, a raiz dele é Má...


A Escritura deixa essas obras bem claras em 'Gálatas 5 e 6', Paulo cita muitos tipos de obras da carne em suas mais de 10 epístolas, mas o principal trabalho metafísico deste mundo é o ‘entretenimento’.


"Entretenimento é o mesmo que ilusão ou a venda comercial de ilusão."


Existiam três grupos de pessoas no tempo de Noé, o primeiro grupo 'os zombadores' que eram os nefilins netos dos filhos, dos filhos de DEUS, e aqueles alienados e induzidos por eles, que geravam corrupção e maldades, viviam zombando e vivendo sua vida, que era levada e guiada principalmente por zombarias; o segundo grupo eram 'os iludidos', desatentos, despercebidos aqueles que estavam se entretendo e se iludindo com o mundo, amando a matéria. A Escrituras diz; que a água, a chuva, o dilúvio vieram e porque eles não perceberam, não discerniram, envolvidos em festas, entretidos, com o amor a matéria, ao disfarce, a ilusão, ao entretenimento; pereceram.


Os iludidos, entretidos, era o grupo principal dos dias de Noé, eles não discerniam o tempo, não conseguiam entender o que Noé vaticinava, é o que mais vemos hoje. E o terceiro grupo vem a ser 'os trabalhadores'; as oito almas que se salvaram na Arca de Noé, que número irrisório...


Mas ‘entretenimento’ e ‘ilusão’ não estão só em um sistema do Macro Domo, está em todos; nos sistema religioso, político, midiático e docente, e em toda formatação das consciências.


Todo ser humano possui a necessidade metafísica que DEUS colocou na sua micro consciência de procurar o seu CRIADOR e achar a razão principal do por quê de sua existência.


E quando o homem não encontra essa razão, porque ele procura nos sacerdotes do sistema religioso e vê que os sacerdotes são os mais hipócritas e não encontrando esse CRIADOR, essa Luz de toda Projeção Gloriosa. Então decepcionados, frustrados, essa pessoa vai se traumatizar e tornar ateu, agnóstico, desigrejado de fato, niilistas, irreligioso, esotérico, ou vai procurar uma concepção religiosa para se sentir bem...


Nietzsche disse uma grande verdade: ‘O homem precisa de ilusões para viver’


Vemos o entretenimento no sistema docente como ‘verdade relativa’, a sua verdade, os jovens estão questionadores, racionalistas... No sistema mediático o entretenimento é a ilusão por ícones da sociedade, jogadores de futebol, artistas novelas... E na política sempre iludidos achando que tem esperança e sempre acreditando em um novo candidato, até ruir todo sistema político. E por fim a mesma ilusão e entretenimento está no sistema religioso, e quanto mais nova a denominação, mais agravante, mais pujante é a falta de lume e a presença das ilusões, através do misticismo e do Deus privilegista.


Por que tanto entretenimento nas denominações? Porque eles estão subordinados a esse domo, eles não venceram esse mundo, amam a matéria, ‘Colossenses 2.23’. E suas doutrinas parecem que são importantes, com aspecto de humildade, santidade no corpo, mas na verdade, são somente para a satisfação da matéria, para satisfação da carne.


A lista é grande de obras metafísicas que nos tentam prender a esse domo, a pregação da ilusão, o alimento do misticismo, que enriquece. E os líderes místicos da ilusão, que prega ilusões, não estão dispostos a pagar o preço para tirar vidas do domo; porque manter as pessoas nele, as enriquecem e a eles também.


Sem contar que o alimento que se serve no sistema religioso é estragado, nele não se encaixa o verbo “comer”, o mais correto é “fagucitar”, comer coisas apodrecidas.


“Ego” é o “Ser”, e o “entretenimento e ilusão” é o “Poder” e o “Ter”.


O “ego” também se encontra nos quatro sistemas docente, midiático, político e religioso. E se o seu lume se apaga, e você deixa ser influenciado e pensa pela mente dos outros, vão fazer a sua consciência, a sua mente amar o seu ego, a si mesmo.


Os homens estabelecem ‘pináculos’ e os chamam de ‘sucesso’. E até dentro dos círculos religiosos a pessoa escuta sobre; sonhos, objetivos, teus projetos nas mãos de DEUS. E então não consegue sair do domo, porque até naquilo que diz respeito a DEUS, até naquele meio que cita o nome de DEUS, é levada a amar a matéria, sonhar, projetar um pináculo do seu sucesso. E o homem pensa... Se eu chegar ali eu serei feliz...


E para você fazer parte do ‘tecido social’ você terá que fazer alguma coisa que o sistema docente vai te estipular, que o sistema político vai ordenar e que o religioso vai endossar.


De modo que a pessoa será sempre escravo e nunca estará feliz, porque sempre haverá algum pináculo para ser alcançado, ele está sempre escalando, e quando descansa um pouco de tanto escalar para alimentar seu ego; sabe onde para? Na ilusão no entretenimento, ou seja, a pessoa trabalha, produz, entretida para alimentar o seu ego, e depois estará entretido para descansar o seu ego...


Paulo imitando a CRISTO no Evangelho que é antimatéria e anticosmos diz: “se você tiver o que vestir, o que comer, esteja contente”...


E só existe uma forma para o homem ser feliz e realizado, e está exatamente na visão que só a Lume do Bem pode te dar, de não amar a matéria... O seu pináculo não pode ser aqui.


"Estude para trabalhar, e trabalhe para se sustentar, e o que sobrar ajude os irmãos."


Ajudar, porque o salvo não pode ajuntar... O ímpio que ama esse mundo ajunta matéria, achando que isso é pináculo de sucesso, o salvo com Lume ajuda, porque não espera nada dessa matéria. Quem ajunta nessa terra não entendeu nada do Evangelho. E senão desmaterializar não é espiritual, e quem não é espiritual além da matéria não pode ser promovido pelo CRIADOR de todas as coisas, como entidade celestial, a pessoa não poderá ir para aquilo que chamamos figuradamente de ‘Céu’, que é o estado de descanso, preparado para aqueles que amaram o seu próximo e que não juntaram matéria.


JESUS venceu, o Apóstolo Paulo venceu, e agora é nossa vez de vencer!


COMO FAZER PARA VENCER O EGO E NÃO SER ILUDIDO?

COMO FAZER PARA SAIR DO DOMO?


Em primeiro lugar saber que existe um domo e a sua condição dentro desse domo: que você é escravo, e está preso ao domo. Segundo lugar: é aceitar que além de preso você está enfermo, doente e cego. E somente depois dessa compreensão, poderá operar a cura, a libertação do domo, só assim encontrará a saída dessa prisão mental.


E a cura está a partir de hoje você fazer uma sequência ambígua, um contraste, você vai fazer uma força paradoxal, no sentido de desmaterializar, desapegar da matéria, dos alvos profissionais, das loucuras desta terra, e se tornará mais são. Vai ter paz... E por outro lado, pela primeira vez você irá se espiritualizar, como em um jejum. Jejum é a tipologia perfeita para sentir cada vez menos a carne e entender as coisas que transcendem a esse corpo que damos tanto valor.


“O espiritual discerne as coisas espirituais”... O materialista que ama esse mundo, não discerne, não compreende, não tem lume, sabedoria e visão para enxergar as coisas metafísicas.


Até hoje você não sabia que era um doente, e que está preso e cego...


E foi exatamente isso que a Macro Consciência disse para essa última igreja, esse último povo.


“Você diz: ‘Eu sou rico, tenho tudo o que necessito; não preciso de coisa alguma’. E não percebe que espiritualmente você é um desgraçado, um miserável, um pobre, cego e nu... adquira de MIM vestes brancas, limpas e puras para cobrir sua vergonha e nudez e compre de MIM colírio, para curar os seus olhos e devolver-lhe a visão...

‘Apocalipse 3.17,18’


© 2020, by AKEL, fundador da Filosofia EX, since 2012.