Buscar

#105º de 777 ✅ A Elegância dos SÁBIOS

Atualizado: 13 de Set de 2018


A Elegância dos SÁBIOS é um grau de pura exortação. O Crescimento, A Evolução, só está presente na derrota, na perda, e não nas vitórias. Veja que todo sistema cristão está corrompido em metástase, onde se fala em 'sucesso', 'vitórias', 'prosperidade', mas não em 'infelicidade', 'derrotas', 'perdas' e 'imaterialidade'. O paradoxo é tão grande, que eles só conseguem enxergar satanismo no que falamos, pelo teor e conteúdo que lhes é tabu, mas não possuem pupilas preparadas, dilatadas, para enxergar a si próprios, numa visão holística, vendo seu satanismo, ao amarem a matéria, o ego e a vaidade (coisas que passam e perecem pelo uso).


“Na Verdade predeterminada pelo CRIADOR, perder é ganhar, e DOER é crescer.”


Por isso os bons professores, com muito amor, exortam seus iniciados e aprendizes, para que eles saiam do conforto que gera inércia, e entrem no confronto que gera evolução capaz de vencer o Crivo...


Diz a Escritura: “Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; E QUE UNJAS OS TEUS OLHOS COM COLÍRIO, PARA QUE VEJAS.” “Apocalipse 3:18”


Laodicéia contava com uma famosa escola de medicina, onde eram produzidos diversos medicamentos incluindo aqueles para problemas oculares, que são tão comuns no Oriente até hoje... O termo grego usado na tradução por colírio é kollura”, um rolo de pão grosseiro. A conexão original dessa palavra com um medicamento para tratamento dos olhos, talvez fosse de uma espécie de emplastro feito de massa de pão para tratamento de infecções, também havia um famoso pó frígio empregado pela escola de medicina de Laodicéia, para tratamento dos olhos. “O Talmude de Jerusalém” fonte: (SHABB. 1.3; VII. 10; VII. LLB) fala disso.


Fica óbvio então que não existe o "colírio", mas sim medicamentos da poderosa cidade de Laodicéia, onde eles usavam um rolo de pão grosseiro para fazer esse unguento.


E a unção aplicada aos olhos enfermos provavelmente os faziam arder, mas um homem pode suportar a dor, produzida por um medicamento, se esse é eficaz.


Segundo um estudo dos cientistas Eckhard H.Hess e James M. Polt, a pupila tende a aumentar sempre que pensamos bastante ou tentamos resgatar um conhecimento que está perdido no cérebro por vários anos. O tamanho da pupila também pode mostrar o quanto à pessoa está interessada. Elas costumam dilatar quando o tema é interessante e podem permanecer dilatadas ou diminuir de acordo com o nível de interesse pelo assunto.


Toda vez que falamos algo paradoxal, exige de nós dentro do crivo proposto por DEUS das divergências, uma convergência, e o primeiro sintoma é a dilatação da pupila. Quem não conhece VERDADE RELATIVA e TRANSFORMAÇÃO CONTÍNUA* quando vê a outra pessoa pensar diferente e manifestar uma opinião divergente, irá revelar sua divergência através dos olhos... E quanto mais fanático e fundamentalista for a pessoa, mais a pupila dela vai dilatar e permanecer dilatada... Mas a pupila daquele que possui VISÃO HOLÍSTICA, e é EQUILIBRADO menos dilata, porque essa pessoa já está dominando seu ego, tem a base da Filosofia EQUI que é AMOR, sabe se colocar no lugar do próximo, já entendeu a grande máxima macro realidade da vida, que é a verdade de acordo com a educação e cultura que seu próximo recebeu.


"Saiba divergir em amor, um sábio sabe divergir."


Portanto o problema não está em um código de conduta, em nenhuma religião, dogma, ritual, grupo, ideia ou filosofia... O problema está no momento em que a pessoa é ensinada por alguém, que lhe dá luz, que mostra o caminho para ela através dos dons, pelo óbvio e pela coerência...


Selá: “A verdade é o óbvio, é a coerência.”


Quando a pessoa é confrontada por alguém e mesmo assim, insiste em permanecer no erro**, aquilo que era chata’a passa a ser pesha ou avon. Todos nós podemos passar a vida toda adorando deuses e sendo materialistas, se a cultura que nós tivermos permitir o materialismo, mas à partir do momento que somos confrontados, exortados pela VERDADE, isso torna-se um problema...


É errado não se colocar no lugar das pessoas, e os evoluídos entendem que todo mundo comete chata’a, porque todos nós erramos e temos o direito de errar, ninguém é obrigado a ter a mesma cultura e educação; aliás, ninguém nesse mundo desde Adão teve os mesmos pais e a mesma cultura, a mesma criação e referência, portanto as pessoas serão julgadas de modo diferente...


JOÃO 6:70

Respondeu-lhe JESUS: Não vos escolhi a vós os doze? E UM DE VÓS É UM DIABO.


JESUS disse: “...na mesa tem um diabo”... Diabo é o MAL, é ser inimigo do BEM... O que é fazer maledicência? É fazer diabo.


Em um grupo onde não há união, nem elegância, nele uma pessoa pode ter êxito ao plantar uma Semente do Mal... Mas quando alguém maledicente tenta plantar uma semente maligna em uma Agremiação do Bem, onde há unidade “echad”, essa pessoa é humilhada...


Sabe o que muda a vida de alguém ao participar de uma reunião da Filosofia EQUI ou assistindo ao Programa LUX MEA LEX? É o comportamento, o modo de agir e falar dos seus integrantes; isso faz toda a diferença.


A pessoa ELEGANTE tem postura na maneira de cumprimentar... Com esse ensino estou falando de um alvo para Filosofia EQUI, um alvo muito profundo, que é o COMPORTAMENTO...


Não existe vida sem Professor, DEUS é o nosso professor, Israel teve anciões professores, a Igreja Primitiva teve professores...


Enquanto JESUS não terminou o seu ministério na Terra, Pedro e os discípulos não assumiram... Enquanto Moisés não terminou a sua missão, Josué não assumiu... Enquanto o Apóstolo Paulo não terminou a carreira, Timóteo sempre foi seu aprendiz e a mesma coisa em relação a Tito e Filemon, eles não assumiram. A Escritura é um livro de referências, ela mostra todos esses casos como exemplos para nós.


Hoje os mestres não conhecem mais seus alunos, porque eles não os seguem e quando seguem é customizadamente, da forma que querem, como e quando desejam; pegam e retiram dos seus ensinamentos só o que lhes aprazem, e fazem o que querem antes de completarem o aprendizado...


Foi-se o tempo que os professores morriam cumprindo sua missão, para depois os talmidins assumirem seu lugar! Hoje a maioria das pessoas desrespeitam os professores, desafiam e levantam a voz para eles, não valorizam seus dons, sabedoria e conhecimentos... Somente os elegantes sabem respeitar e valorizar um professor...


Por isso eu AKEL me preocupo com a qualidade do comportamento e da elegância daqueles que se dizem Filosofia EQUI. Porque quando o grupo é elegante atrai pessoas elegantes...


A Filosofia EQUI deve ser um grupo de pessoas sábias, evoluídas, comportadas, cultas, educadas, humildes, amorosas, que vençam seus diabos...


Metaforicamente falando o EQUI tira toda sua roupa e revela quem você é; tira sua máscara, sua maquiagem da cristandade de Constantino, Lutero e Calvino, limpa, lava, purga... Porque onde está a VERDADE, há mudança e transformação; onde aquele que parecia do bem se revela ser do mal e vice-versa.


Então quando o EQUI prega a liberdade, está te dando asas e no momento que você tiver asas, irá se revelar e não terá mais como se esconder...


Muitos afirmam que pregar a LIBERDADE é levar as pessoas para a perdição, mas na realidade é revelar quem as pessoas são, se elas são do bem ou do mal. Mas quem pode viver na Liberdade? Quem pode vencer o crivo vivendo na Liberdade, nesse confinamento do mundo, visto que as pessoas não sabem usá-la?


Paulo mesmo disse: “...não use de liberdade para dar oportunidade a carne “matéria”, ao ego, aos seus desejos...” Quem é que sabe então? O sistema afirma que precisa ter dogmas, tem que pregar o medo, porque segundo eles as pessoas não sabem viver em liberdade... O EQUI faz o contrário tira das pessoas a Pirâmide do Mal que são: MEDO, CULPA e GANÂNCIA.


O EQUI é FILOSOFIA porque não possui membresia, é um TRABALHO, mas os trabalhadores mudam toda hora, pois são poucos os seres humanos que sabem viver em liberdade...


A exortação evolui e tem que doer, tem que arder os olhos para curar...


Selá: “Conforto gera inércia, confronto gera evolução.”



Vídeos Recomendados:

*VERDADE RELATIVA E TRANSFORMAÇÃO CONTÍNUA

**PECADO - NÃO GOSTEI DE DEUS TAMBÉM



© 2020, by AKEL, fundador da Filosofia EX, since 2012.