Buscar

#32º de 777 ✅ A BÍBLIA NÃO é SAGRADA

II TIMÓTEO 3.16

Toda Escritura é inspirada por DEUS e proveitosa para ministrar a verdade, para repreender o Mal, para corrigir os erros e para ensinar a maneira certa de viver; (equilibrando com II Coríntios 3)


A substância desse versículo é muito usada nas disciplinas teológicas, porque é a base para que eles possam teologizar as pessoas.


Toda Escritura inspirada, pode ser usada como base para exortação, para repreender o Mal, para corrigir erros, que são pecados ‘hamartia’, para ensinar a maneira certa de viver.


Os pentecostais gostam muito de dois versículos para defender as suas ideologias. O primeiro é ‘II Coríntios 3.6’; “a letra mata” não devo estudar; porque o Espírito que é místico e quântico, fala comigo e me revela... O segundo ‘II Coríntios 3.17’: “onde há o Espírito, há liberdade”... Que maravilha! Vou fazer o que quiser; vou pular, dançar, vou correr, cair...


“A letra que mata” é o legalismo Velho Testamentário.


O problema é que as pessoas não veem as Escrituras como essência para absorção moral. Temos que absorver, extrair das Escrituras, dos oráculos de DEUS a essência moral, por isso, eu digo que é um “Livro de Referências”.


Paulo diz a Timóteo que toda a Escritura é inspirada. ‘Escritura’ nesse contexto não inclui o compêndio Neo Testamentário, mesmo porque, a ICAR que compilou os 27 livros do Novo Testamento só fez isso depois do III Século. O fato é que só no III Século surgiu a prática do dízimo, o templocentrismo, cristianismo e religião. E tudo que você conhece hoje, que forma o que chamamos de sistema religioso cristão.


E a essência dessa Escritura é inspirada para ensinar e repreender o Mal, corrigir os erros, e ensinar as pessoas a maneira certa de viver, mas, não na aplicação. Porque se eu for aplicar a Torah, o Pentateuco, vou ter que matar a pedrada, adúlteros, filhos rebeldes, quem tem relação sexual antes do casamento, entre outras coisas que para nós hoje são aberrações. Porque primeiro os israelitas viviam em anarquia, até que Moisés não aguentava mais, e Jetro o aconselhou a pôr ordem na casa, levantando homens para ajudá-lo. Ele seguiu esse conselho e DEUS deu para ele recomendações das quais conhecemos as principais delas, como os dez mandamentos. Leis que tinham especificações, parágrafos e incisos, que estão todas escritas perfeitamente em Levítico e Deuteronômio; para aquelas pessoas naquele tempo e para aquela situação.


Então, A Lei quando dada por DEUS ao homem era preciosa, linda, mas o homem tornou-se, um guardião da Lei e usou ela para subjugar o povo e criou um sistema de fariseus, saduceus e outros.


E JESUS refutou isso seriamente em ‘Mateus 6, 7, 8’. ELE bateu de frente com eles culminando na sua morte. Daí surge os seguidores de JESUS denominados, já no começo por alguns de 'cristãos messiânicos'. Esses com o passar do tempo e vindo Constantino, misturando Igreja e estado, tornou-se um sistema também. Tudo começa bem. A Lei começou bem, mas tornou-se um sistema legalista, uma máquina religiosa de opressão em cima dos mais fracos. E o cristianismo teve o mesmo destino, a mesma sorte.


UMA BREVE HISTÓRIA DA TRADUÇÃO DA BÍBLIA



* TORAH - Começamos com a Lei Escrita e dada pelo ETERNO a “Torah”, as recomendações de ‘Êxodo 20’.


* BRIT HA DASHA – I Século. Feita pelos também talmidim do Mashiach e mostrando ao mundo uma grande oportunidade de salvação através do enxerto em Israel, no Mashiach Yeshua. Textos mal traduzidos pela Septuaginta (LXX) a primeira tradução para o grego. Rejeitada pelos rabinos. A Torah tem mais de um nível de interpretação. Sua tradução para um idioma secular foi um erro.


* VULGATA LATINA – Traduzida do grego para o latim. Possui enxertos. É na Vulgata Latina que entra as mutilações, acréscimos, subtrações, nas substâncias trinitárias de templo, hierarquia de dinheiro e domínio sobre o povo. Nela foi acrescido Lúcifer e vários equívocos, graças a ICAR.


* BÍBLIA DE LUTERO – Traduzida do latim para o alemão. Mesmo com a reforma preservou os mesmos erros da igreja de Roma e o antissemitismo.


* BÍBLIA DE WILLIAM TYNDALE – Traduzida do alemão para o inglês muito mais erros tendenciosos e distorção da verdade.


* OUTRAS TRADUÇÕES – Em italiano, espanhol, castelhano, entre outras incluindo a tradução de João Ferreira de Almeida a partir de todas anteriores para o português de Portugal com manipulação dos bispos da igreja de Roma.


* PORTUGUÊS DO BRASIL – Almeida Corrigida e Fiel, Almeida Revista e Corrigida, Almeida Revista e Atualizada, NTLH, todas cheias de erros e interpretações tendenciosas. Algumas NTLH tiram a linguagem arcaica até parece que fez um bom trabalho, mas os erros continuam os mesmos das traduções anteriores.


O resultados disso é muita dúvida e confusão. A única correta é a Torah, porque os rabinos quando estudavam e faziam réplicas nos papiros, depois pergaminhos; eles copiavam letra a letra. De tal modo, que nós não temos praticamente acréscimos e problemas com o Velho Testamento. Temos problemas hoje, nessas traduções atuais absurdas. Nelas temos sinônimos equivocados, por exemplo: ao invés de “imitai”, “atentai” que é o começo de ‘Hebreus 13’ traduziram para “obedecei”. Ao invés de ser “o que trabalha no SENHOR deve receber duplo respeito”, traduziram “o obreiro é digno de duplo salário”, de “dupla honra”, esses são alguns dos erros e acréscimos absurdos.


Por isso a importância de termos a primeira Bíblia Orgânica, a primeira Bíblia que terá a separação entre Velho Testamento, Período Interbíblico Transitório, e Novo Testamento. Todas elas têm o começo do Novo Testamento a partir da página branca entre Malaquias e Mateus e este é o maior erro segundo ‘Hebreus 9’.


JOÃO 5.39

“Examinais” as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a Vida Eterna, e são elas que de MIM testificam.


Quando este texto foi escrito não havia ainda Novo Testamento. JESUS estava se referindo ao Velho Testamento que estava intacto. Mas, aqui vem uma questão extraordinária vamos analisar:


CONTEXTO: “examinais” não é uma ordem, senão ELE teria dito “examinai”, observe que com o acréscimo da letra “s” na palavra o sentido é outro.


É preciso analisar o contexto. Para quem JESUS estava falando essas palavras? ELE queria dizer: vocês religiosos tem o costume de examinar as Escrituras, um livro de referências que testificam sobre MIM. Porque os profetas já haviam falado DELE; Moisés, Oséias, Isaías, Jeremias, todos eles falaram... ELE mesmo confirmou que as profecias de Isaías se referia a Sua Pessoa. E eles liam muito e examinavam as Escrituras naquela época, mas não entendiam, não estavam vendo o próprio DEUS em carne, não O reconheciam.


Erros de interpretação como esse também acontecem em Malaquias onde trata do dízimo, as pessoas são ensinadas e pensam que ele é para o povo, mas, o dízimo é para os sacerdotes, têm que ler o contexto para compreender.


Em ‘Romanos 12’ entendem que Paulo está falando do culto racional, mas na verdade quem fazia o culto racional era a Igreja de Roma, ele estava dizendo: o culto que vocês chamam de racional, é uma reunião helenística para falar sobre DEUS, sobre a lógica, sobre o 'logos', sobre o sofisma; mas Igreja é Evangelho, não é isso que estão praticando, vocês estão errados; porque o nosso culto não é racional, nosso culto se dá no nosso corpo com nossas atitudes, ele é nosso templo...


Temos que ter respeito pela Bíblia, mesmo sabendo que ela não é sagrada, ela é um Livro de Referências que testifica a História de JESUS. Usar ela para se defender, para ser mais santo, mais salvo e mais sábio que os outros é Ter, Ser e Poder, é religião. E aí ocorre o que JESUS fala em “João 5.39-42’ “EU não recebo glória dos homens , mas bem vos conheço, que não tendes em vós o amor de DEUS.” Leem a Bíblia, estudam, examinam tanto ela mas não tem em vós o amor de DEUS, não tem vida.


MISTICISMO BÍBLICO


*Caixinha de Promessa:

Quantas pessoas usam a Bíblia como caixinha de promessa. A Bíblia pode se encaixar em qualquer filosofia. Por exemplo; existe base bíblica para matar, para pedofilia, para roubar, existe base bíblica para tudo. E o que mais tenho visto são pessoas que usam versículos isolados da Bíblia para não mudar seus erros de comportamento.


Se a Escritura, testifica e é um livro de referências de homens que venceram o mundo, para extrair lições morais para nós vivermos hoje. Como que eu vou usar ela para não ser transformado? Para não me converter e continuar nos mesmos erros?


É comum conversarmos sobre dízimo com uma pessoa que tem quarenta anos de prática religiosa em uma denominação, e ela logo cita ‘Malaquias 3.10’. Outra que tem cinquenta anos de denominação cita ‘Mateus 23.23’, a Bíblia caixinha de promessa. Honestamente eu duvido que essas pessoas tenham lido esse capítulo algum dia...


Como pode uma pessoa ter mais de quarenta anos de denominação ou que tenha feito seminários teológicos, mas, vem me dizer que está aprendendo sobre a Bíblia e o Evangelho somente agora, que estou ensinando? Sendo que é a mesma Bíblia e os mesmos contextos que uso para ensinar!


Mas, a culpa é dessa ‘linha mística’, essa ‘ótica mística’, que leva as pessoas verem a Bíblia como caixinha de promessa a vida inteira. E ela é respaldada nos grandes templos, pelas denominações centenárias; a substância e a consubstancia dela está nos homens bem vestidos, bem pagos, astros da fé, renomados e intitulados pastores...


Essas pessoas tem todas as traduções ao seu alcance, a maioria vão aos templos todos os dias, escutam pregações, no rádio, na TV e na internet, mas, não obedecem e não sabem a verdade até hoje. Como pode alguém andar com a Bíblia impressa e ter uma fé tão fraca? Como pode alguém usar a Bíblia para se defender de seus atos criminosos? E ainda dizem que tem respeito pelas Escrituras!


Mas, eu AKEL que reconheço que ela não é mística, sei que não é sagrada, que a vejo como livro de referências tenho mais respeito que esses tais...


Mas com o tempo as pessoas aprendem errado e vão passando de geração a geração, o que o intitulado pastor ou padre falou.


Em ‘Mateus 4’ e ‘Lucas 4’, vemos Satanás usando a Bíblia como caixinha de promessa. Nesse texto e contexto Satanás cita o ‘Salmo 91’, ou seja, ele não tem medo de Salmo, de campanha e lencinho de Salmo, de portas com Salmo, de fitinhas e indulgências com Salmos. Ele não tem medo do Salmo 90 católico, nem do Salmo 91 evangélico...


*Subdivisão de Capítulos e Versículos:

Os jacobinos e outros, foram os responsáveis pela subdivisão de capítulos e versículos. Organizou e melhorou para manuseá-la. Só que, se quisermos ler corretamente as Escrituras, não deve ser com capítulos e versículos. Por exemplo; ‘II Coríntios 4’ é continuidade do Capítulo 3. Se você não ler ‘II Coríntios 4’ não irá entender ‘II Coríntios 3’.


E além de subdividirem em versículos e capítulos, ainda inventaram subdivisão em tópicos. Dentro do mesmo capítulo tem duas ou três subdivisões, e as pessoas se contentam com aqueles versículos e tópicos, ficando a mercê dos mercenários que usam a Bíblia para dominar e amedrontar as pessoas.


A teologia protestante é uma teologia soberba. É a teologia de fariseus, eu sou mais santo, mais salvo e mais sábio... Quando na realidade nós não somos nada...


O Evangelho ensina não Ter, não Ser e não Poder. Porque é JESUS quem tem PODER, ELE É, ELE TEM. O Evangelho tem que ser da ‘Graça’ e não da ‘Lei’.


DIFERENÇA ENTRE LEITURA ORGÂNICA, LEITURA MÍSTICA

E/OU LEITURA TENDENCIOSA (Sofisma e Fábula)


“Posso todas as coisas naquele que me fortalece.” ‘Filipenses 4.13’


Fábula e sofisma nesse contexto, é quando se pega uma verdade e a distorce, quando se fala o que o povo, as massas quer ouvir, é quando se prega massagem e não a mensagem do Evangelho; ensinando o ter,ser e poder. ‘II Timóteo 4.3’.


Exemplos:

1- Leitura Mística: Posso todas as coisas naquele que me fortalece, posso tudo NELE. Se você é fiel no dízimo, nas ofertas, nas campanhas, se você cultua ao SENHOR, se você faz sacrifícios no altar do SENHOR... ELE te fortalece...


2 - Leitura Orgânica: Começa lendo o contexto para daí sim, entender o texto. Paulo estava dizendo: O SENHOR me fortalece na fome, na necessidade, na tristeza, na depressão, e quando estou bem, com fartura e próspero ELE também me fortalece...


A leitura mística vai extrair do texto sua interpretação pessoal, como faz os pregadores do sistema religioso que pregam versos isolados, usando para alienar as pessoas, até os que possuem o título de teólogos renomados, também pegam versículos isolados para corroborar a mentira.


“Devia ser proibida a leitura isolada ou parcial da Escritura.”


Como faz o Sr. Silas Malafaia que usa ‘Coríntios 8 e 9’ dizendo que é o maior compêndio teológico de dízimos e ofertas. Inclusive enfatiza uma parte do texto que diz: “O DEUS de toda Graça”...


Só que ao fazermos uma leitura orgânica de ‘II Coríntios 8 e 9’ de ‘I Coríntios 16’, vemos que tudo que era depositado aos pés dos apóstolos, era para os cristãos pobres da Macedônia e da Judéia. Eram coletas para irmãos necessitados, nada além disso, em nenhum momento esses textos se referem ao dízimo, ou ofertas.


Leiam organicamente! fiquem no simples, no puro, apenas leiam versículos em sequência, respeitando a pontuação e gramática, a cada letra; a Bíblia não é sacrossanta, não é sagrada, mas tem essência e lições morais para nós, então a respeite. E você entenderá o que o texto quer transmitir.


Mas, se a pessoa for pela ‘linha mística’ de que a Bíblia é ‘Sagrada’, chegará ao entendimento que eu já citei acima; entendimentos errados sobre, dízimo, ofertas, templo, ela simplesmente irá entender tudo errado.


Agora, se ela for pela ‘linha orgânica’, tendo a Bíblia como um livro de referências, a verá como lições de moral, ética, princípios de conduta e de maneira de viver; era o que JESUS tentava ensinar para os fariseus, os intitulados crentes da sua época; “vocês examinam a Escritura mas não tem amor, nem vida.”...


DESIGREJADOS MÍSTICOS


Existem pessoas que dizem ter saído do sistema religioso, mas continuam místicas...


Usam ‘I João 2.26-28’ onde João alerta aos discípulos sobre o perigo de deixar a verdade que já aprenderam para seguir enganadores. Utilizam o texto “O Espírito Santo vos ensinará todas as coisas” de ‘João 14.26’ para apoiar o seu misticismo. “ELE vos guiará em toda verdade...” ‘João 16.13’. procuram se embasar em ‘II Coríntios 3.6’ e dizem: o estudo é perigoso!


O que acontece com as pessoas que se dizem evangélicas e estão no sistema hoje? Elas estão com o véu costurado, não conseguem enxergar as coisas. Por isso através da linha mística sagrada, quando leem na capa “Bíblia Sagrada”, abrem o livro e vão sempre ler segundo um ponto de vista sagrado. O véu está posto diante delas ‘II Coríntios 3’. Quando tirar o véu, e a letra do legalismo morrer dentro delas, e o Espírito da Graça, da Nova Aliança começar a fazer sentido em suas consciências. Quando deixar o misticismo e passar a ser orgânico, irá entender o que está escrito nas Escrituras. Então começará a ler organicamente, não artificial, não fabricado e industrializado.


Mas ainda combatendo aqueles que leem e interpretam errado ou que não leem, que tem pouca cultura, pouco ensino e não querem aprender com os anciãos.


HEBREUS 8.10-13


Muitos usam a parte do texto “E não ensinará cada um a seu próximo, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conheço o SENHOR; Porque todos me conhecerão...”


Existem ‘desigrejados’ de fato, que não querem aprender com anciões, com quem tem dom de professor. Então usam textos como esse, para corroborar sua individualidade, dizendo ser igreja sozinho. Com sua interpretação particular das Escrituras estão tão errados quanto os alienados, aliás, até mais errado; porque se saiu para viver a verdade, então procure viver o certo.


Esse texto está falando do Milênio da casa de Israel e não dos gentios, mas o cidadão vai usar isso como pretexto para poder não aprender com ninguém, e se isolar, no seu mundo, na sua ilha...


DOUTRINAR


Qual é a lição moral que o Novo Testamento nos passa sobre doutrina? Leia o texto e o contexto dos versículos abaixo para você compreender:


* “Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar; haja dedicação ao ensino.” ‘Romanos 12.7’


* “(...) e outros para Aconselhadores e Pastores”. ‘Efésios 4.11’


* “E correndo Filipe, ouviu que lia o profeta Isaías e disse: Entendes tu o que lês? E ele disse: como poderei entender, se alguém não me ensinar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se assenta-se.” ‘Atos 8.30-31’. Cadê o Espírito Santo para ensinar o eunuco? O engraçado é que ele estava retornando do templo, lá ele leu, orou e não aprendeu nada. Daí chegou alguém e ensinou organicamente e ele aprendeu. Esse é um belo exemplo de DEUS usando um homem através dos dons. DEUS fala conosco através dos dons dados aos homens. ‘Efésios 4’.


A BÍBLIA NÃO SE INTERPRETA EXTRAI-SE LIÇÃO MORAL DO CONTEXTO


* Exemplo ‘Mateus 6’: É lição moral, qual a motivação, qual a intenção. O místico lê e extrai doutrina. JESUS apenas estava refutando os fariseus da sua época que faziam caridade no intuito de aparecer, de serem vistos pelos homens. Entenda que ministério é serviço, é trabalho.


*Católica x Evangélica: O catolicismo surgiu no século III e IV com o Pai do Imperador Constantino, mais propriamente, no Conselho de Nicéia em diante. Essa religião ‘cristianismo’, com o passar dos anos se dividiu entre coptas e egípcios, surgindo os ortodoxos na Rússia no ano mil, e por último a renovação carismática. Os coptas e os ortodoxos se uniram novamente ao papa, muitos protestantes tradicionais como os anglicanos, também se uniram, reuniram, se perdoaram, se acertando com o papa, os carismáticos estão na mesma missão também.


Não há praticamente divisão no catolicismo. Você nunca vai ver uma freira em uma rádio falando mal de outra freira, não vai ver um padre roubando a paróquia de outro ou falando mal do papa em seu sermão. Não verá um padre dividindo a igreja e fazendo católica reformada; porque os católicos reformados na verdade, são os evangélicos. Os evangélicos de 1517 de Lutero e Calvino são os católicos reformados de hoje.


E sabem por que é muito raro os padres e as freiras se converterem? Porque os evangélicos tentam ganhá-los com a Bíblia Sagrada, que não é sagrada. Eles tem uma soberba, uma arrogância muito grande. A honra dos católicos é dizer que eles são a sucessão papal de Pedro. A soberba do clero católico é que a Bíblia foi compilada por eles. E eles sabem das adulterações e acréscimos que existem nela, feito por eles. Sabem como foi compilado o Novo Testamento, com o acréscimo de ‘Mateus 28.19’, e de ‘João 7.8’...


Mas mesmo com sinônimos adulterados a Bíblia contêm a essência do Evangelho.


*Compilação Bíblica e Tradição Oral: A Igreja do primeiro século, até o II e III séculos, ninguém sabe prever exatamente; ela viveu com a ‘tradição oral’, os ensinamentos foram passados de pai para filhos. A Igreja Primitiva era unida e não tinha 27 livros nas mãos, porque ainda estavam escrevendo o início da História da Igreja, Lucas e Paulo ainda estava registrando.


Eu tenho uma tese de que: se não existisse nenhum templo, nenhuma religião cristã, se não tivéssemos a compilação Bíblia. Essas verdades teriam passado de geração a geração, de pai para filhos e chegado em nós; e com certeza, estaríamos com essas verdades em nossos corações, sem nenhum problema.


De tal modo que os índios aqueles, que nunca ouviram do Evangelho serão julgados segundo a sua consciência. Porque ele já nasceram sabendo que não deve matar, que não pode fazer mal aos seus filhos, ele já sabe o que é caráter, o que é caridade, e todos serão julgados por essa consciência. O SENHOR já fez o ser humano com isso em seu DNA, por isso cada ser humano recebeu um espírito, o canal de comunicação com o ESPÍRITO do CRIADOR; e é esse canal que coloca dentro de nós a responsabilidade o arrependimento, e todos serão julgados por isso.


Nós não precisamos de templo nenhum, de nada... Se nos convertemos num templo numa religião, denominação, se ouvimos falar o Evangelho através de um homem, enfim; ouviríamos da mesma forma e seríamos julgados da mesma forma, como o índio será julgado por sua consciência. Então não venham com essa história de cristianização, de Império, de domínio, de nicolaísmo...


*Trindade de Manifestações: Comecemos com a compreensão, de que em Atos a Igreja ainda estava preocupada com circuncisão achando que só os judeus seriam salvos. O Espírito ainda estava guiando em toda verdade, usando Paulo para fazer o trabalho de discipulado, de doutrina e de ensino, e ele fez isso muito bem. Sofreu resistência, demorou quatorze anos até chegar em ‘Atos 15’. No Primeiro Concílio da Igreja, na primeira assembléia, os principais líderes da Igreja daquela época se reúnem. Pedro é resistido na cara, e Paulo através do reconhecimento de Pedro consegue começar a difundir o Evangelho da Graça. Porque Pedro estava trazendo judaísmo para a Igreja, o legalismo. Paulo o refuta e ele reconhece seu erro.


Esses quatorze primeiros anos da Igreja Primitiva deve ser considerado como parte histórica.


Agora imagina a pessoa que tem a visão mística. Quando ela lê ‘Atos 1 e 2’ vai ver fogo, vento, pentecoste, e achar que é místico. Tudo que ela ler de ‘Atos 3 a 10’ vai achar que é místico, a forma que eles faziam o batismo, vai achar que existe sacramento, vai entender errado sobre a ceia...


Ela vai herdar tudo do judaísmo e do catolicismo, da mente de Pedro que ainda não estava entendendo o Evangelho da Graça. Mas, então vem Paulo e organiza tudo e o próprio Pedro reconhece que o Espírito estava guiando Paulo...


Paulo afirma a Igreja é uma só, e diz: vocês precisam ter a mesma mente, o mesmo coração, o mesmo pensamento, a mesma doutrina. Isso é o ensinamento com base nas três divisões da Escritura Velho Testamento, Período Transitório e Novo Testamento. Agora com o entendimento dessas três diferentes etapas de manifestações você vai poder entender a Bíblia de forma orgânica e não mística, não sagrada.


Trindade não são três pessoas, são três manifestações; é DEUS se manifestando como PAI no Velho Testamento, vem a pomba. Depois DEUS se manifesta como FILHO, a pomba que retorna com o ramo de oliveira, Período Intertestamentário. E por fim DEUS se manifesta como ESPÍRITO SANTO, Novo Testamento, a pomba que foi e não retornou mais. O ESPÍRITO SANTO que guia toda a Igreja, a congregação dos gentios, em toda a Verdade.


Então, quando pensar em Trindade não pense em três pessoas, três deuses, em triteísmo. Pense em três manifestações, em três chances de DEUS para o homem. E agora estamos na terceira e última, aquele que O rejeitar não tem perdão, é bem simples de entender, apenas três etapas.


Portanto a Bíblia é uma Trindade...


Se a pessoa ver a Bíblia organicamente, não de forma mística ou sagrada; irá chegar a conclusão de que ela é uma compilação de livros, um livro de referências, um livro de heróis da fé. Livro de homens que venceram o mundo. E a maior referência que já existiu, O maior herói da fé, que venceu o mundo, a morte, o Hades; JESUS CRISTO!


“Cuidado! Com a forma que você utiliza a Bíblia... Ela te salva e te condena.”


1 comentário
© 2020, by AKEL, fundador da Filosofia EX, since 2012.